Choques deixam 23 soldados mortos na Síria

Pelo menos 23 soldados do regime sírio morreram em choques entre o exército e rebeldes

Beirute – Pelo menos 23 soldados do regime de Bashar al-Assad morreram nesta sexta-feira em choques entre o exército e rebeldes na cidade de Deir al Ades, ao sul de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo a ONG, o exército tentou recuperar o controle da cidade na fronteira entre a província de Deraa e Rif Damasco, mas fracassou em sua operação.

As autoridades sírias por enquanto não confirmaram as baixas em suas fileiras.

Por outro lado, a Frente al Nusra, braço da Al Qaeda na Síria, e outras facções anunciaram em comunicado o início de uma nova batalha para “libertar” a região de Guta Oriental, nos arredores da capital.

Guta Oriental é o principal bastião da oposição ao regime na periferia de Damasco, onde nos últimos meses o exército intensificou suas operações para expulsar os insurgentes.

O número de mortos no conflito armado na Síria desde março de 2011 até abril deste ano é de 191.369, quase nove mil deles menores de idade, segundo a ONU.