China promete agir para evitar alta de preços

O índice de preços ao consumidor subiu 4,6% em dezembro na China

Pequim – O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, disse hoje que a China vai trabalhar para evitar o aumento exageradamente rápido dos preços e para manter a estabilidade básica dos níveis de preços em geral, informou a agência de notícias Xinhua.

O índice de preços ao consumidor subiu 4,6% em dezembro no país, menos que os 5,1% em novembro, quando foi registrada a maior taxa em mais de dois anos, segundo o Birô Nacional de Estatísticas.

Wen reiterou que a China vai implementar “resolutamente” medidas para controlar o mercado de imóveis do país e cortar a demanda especulativa por moradias, acrescentou a Xinhua. As informações são da Dow Jones.