China espera que EUA administrem corretamente caso WikiLeaks

Pequim não quer problemas nas relações entre os dois países por causa dos documentos

Pequim – O governo da China anunciou esperar que o vazamento de 250.000 documentos diplomáticos americanos pelo site WikiLeaks não prejudique as relações entre os dois paíse e que os Estados Unidos administrem corretamente o assunto.

“Não queremos ver nenhuma perturbação das relações China-EUA após o vazamento dos documentos”, declarou Hong Lei, porta-voz do ministério das Relaçõnes Exteriores.

“Esperamos que Washington administre corretamente o assunto”, completou.

Alguns telegramas diplomáticos revelados pelo WikiLeaks fazem referência à China.

Um deles menciona que peças de mísseis norte-coreanos destinados ao Irã transitaram pelo território chinês.