China deve assinar contratos recordes de soja com EUA

A delegação chinesa deve assinar mais acordos de compra em Los Angeles na quinta-feira, o que poderá levar o montante total de aquisições para o recorde de mais de 12 milhões de toneladas

São Paulo – Uma delegação comercial chinesa assinou contratos com companhias de grãos norte-americanas nesta quarta-feira para comprar 8,62 milhões de toneladas de soja dos Estados Unidos e deverá fazer mais acordos na quinta-feira para uma compra recorde que poderá superar 12 milhões de toneladas.

Grandes empresas chinesas como a COFCO, maior trading de grãos estatal do país, e a Sinograin, que administra as reservas de grãos estatais, assinaram contratos em Des Moines, Iowa, com a Archer Daniels Midland, a Bunge e Cargill, entre outras.

A delegação chinesa deve assinar mais acordos de compra em Los Angeles na quinta-feira, o que poderá levar o montante total de aquisições para o recorde de mais de 12 milhões de toneladas, afirmou Kirk Leeds, diretor da Associação de Soja de Iowa.

A soja virá da safra colhida no segundo semestre do ano passado e na safra que será plantada neste semestre. O valor total das compras será de aproximadamente 6 bilhões de dólares.

Num acontecimento semelhante no ano passado, companhias chinesas assinaram acordos para comprar 11,56 milhões de toneladas de soja norte-americana pelo valor de 6,68 bilhões de dólares na então maior compra individual da commodity dos Estados Unidos.