Chefe da federação libéria concorrerá à presidência da FIFA

Musa Bility, de 48 anos, é a segunda pessoa a declarar sua candidatura, após o brasileiro Zico anunciar sua intenção de concorrer

Londres- O presidente da associação de futebol da Libéria, Musa Bility, anunciou que vai se apresentar como candidato à presidência da FIFA após a renúncia de Joseph Blatter, informou a BBC nesta quinta-feira.

Blatter anunciou no início deste mês que estava deixando o cargo, depois que a entidade que controla o futebol mundial foi atingida por denúncias de corrupção.

Bility, de 48 anos, é a segunda pessoa a declarar sua candidatura, após o brasileiro Zico anunciar sua intenção de concorrer.

“Estamos todos de acordo que o mundo do futebol está enfrentando um momento difícil e são nos momentos difíceis que surgem os grandes líderes”, afirmou Bility à BBC Sport. “A África é o maior bloco de eleitores na FIFA e temos que assumir a liderança para levar o futebol juntos.”

Bility, que lidera a federação da Libéria desde 2010, não tem medo de tomar uma posição, como fez em 2011, quando rompeu com a maioria de seus colegas africanos, afirmando que votaria contra Blatter. Em 2013, a Confederação Africana de Futebol (CAF) suspendeu Bility por seis meses por violar os estatutos devido à utilização de documentos confidenciais.