Centenas de taxistas protestam contra Uber em Montevidéu

O curso foi suspenso sem que nenhum membro de Uber falasse com a imprensa

Montevidéu – Centenas de taxistas entraram nesta sexta-feira em um hotel de Montevidéu onde a empresa Uber ia realizar um curso de formação para motoristas para seu iminente começo de atividades de operações na cidade.

“Os taxistas vão ficar sem trabalho, viemos pedir trabalho aos novos patrões, que são americanos…”, disse o presidente da Patronal Única do Táxi, Óscar Dorado, no meio dos aplausos dos manifestantes.

O curso foi suspenso sem que nenhum membro de Uber falasse com a imprensa.

O Uber foi fundado em 2009 e está presente em mais de 70 cidades do mundo.

Na América Latina, onde da mesma forma que em outras regiões do mundo houve protestos de taxistas contra o Uber, está presente em Barranquilla, Belo Horizonte, Bogotá, Brasília, Cali, Guadalajara, Lima, Medellín, Cidade do México, Monterrey, Panamá, Puebla, Querétaro, Rio de Janeiro, San José, Santiago, Santo Domingo, São Paulo e Tijuana.