Caso de gripe aviária é confirmado no Reino Unido

Uma zona de restrição de 10 quilômetros, com a proibição de deslocamento de qualquer animal, foi implantada ao redor da granja de frangos

Londres – Um caso de gripe aviária da cepa H7N7, “altamente patogênica” para as aves, foi confirmado em uma granja do noroeste do Reino Unido, mas o risco para a saúde pública é “muito pequeno”, anunciaram as autoridades sanitárias britânicas.

“O Serviço de Saúde Pública da Inglaterra confirmou que o risco em termos de saúde pública para esta cepa é muito pequeno”, disse Nigel Gibbens, veterinário chefe do ministério britânico do Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (Defra).

“A agência de proteção alimentar declarou que não há nenhum risco para os consumidores em termos de segurança alimentar”, completou.

Uma zona de restrição de 10 quilômetros, com a proibição de deslocamento de qualquer animal, foi implantada ao redor da granja de frangos, próxima da cidade de Preston, em Lancashire.