Casais nunca devem acabar o dia sem fazer as pazes, diz papa

Pontífice disse que sempre dá o seguinte conselho aos casais: "briguem o quanto queiram mas nunca terminem o dia sem fazer as pazes"

Roma – O papa Francisco disse nesta sexta-feira, durante sua visita à cidade de Assis, na Itália, que sempre dá o seguinte conselho aos casais: “briguem o quanto queiram mas nunca terminem o dia sem fazer as pazes”.

O papa argentino encontra-se em Assis no dia em que se comemora a festa do padroeiro da Itália, São Francisco. O discurso foi feita na catedral de São Rufino.

Francisco de Assis foi proclamado padroeiro no dia 18 de junho de 1939 pelo papa Pio XII, que o definiu como “o mais italiano dos santos e o mais santo dos italianos”.

O papa Bergoglio é o 19º sucessor de São Pedro que visita a cidade de Assis, para onde o papa João Paulo II foi por seis vezes e Bento XVI duas.

Antes de seu encontro com o clero, Francisco almoçou com os pobres em uma instituição de caridade da fundação Cáritas.

Referindo-se aos casamentos, o papa falou de forma improvisada: “se eles (os casais) aprenderem a perdoar, encontrarão a paz. Retomar a vida, este é o lindo segredo que evita a separação dolorosa”.

O papa disse que é necessário “caminhar unidos para o futuro, enquanto se caminha, se conversa, se conhece e se cresce em família”.

“Reconhecendo nossos erros podemos melhorar”, acrescentou o pontífice.

Seu discurso aos participantes do encontro se centrou em três pontos: escutar a palavra de Deus, caminhar juntos e evangelizar as periferias.