Casa Branca: os dias de Kadafi estão contados

Governo Obama acredita que o os líbios merecem um futuro "justo, democrático e pacífico" com o ditador fora do poder

Vineyard Haven – A Casa Branca previu neste domingo que os dias do líder Muammar Kadafi estão contados, num momento em que os rebeldes disparam os primeiros tiros pelo controle da capital Trípoli.

O presidente Barack Obama recebeu durante suas férias na ilha turística de Martha Vineyard um relatório de segurança com apreciações de uma equipe americana que se enconra no reduto rebelde de Benghazi.

“Os Estados Unidos continuam a se comunicar com nossos aliados e parceiros (os rebeldes) do Conselho Nacional de Transição”, afirmou o porta-voz da Casa Branca, Josh Ernest.

“Acreditamos que os dias de Kadafi estão contados e que o povo líbio merece um futuro justo, democrático e pacífico”, acrescentou.

Os rebeldes líbios iniciaram uma operação na capital para isolar Kadafi, informou neste domingo o Conselho Nacional de Transição (CNT), enquanto grupos de insurgentes se aproximavam de Trípoli pela região oeste.

Iniciada sábado à noite, a “Operação Sereia” está sendo realizada em coordenação entre o CNT e os soldados rebeldes em torno e dentro de Trípoli”, disse o porta-voz Ahmed Jibril, acrescentando que “a Otan também está envolvida”.