Casa Branca: Negociaremos com Irã só quando país parar com teste nuclear

No domingo, líder iraniano disse que "os americanos precisam entender bem que a paz com o Irã é a mãe de toda paz"

São Paulo – A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, afirmou há pouco em coletiva de imprensa que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, somente vai estar aberto a negociar alívio de sanções contra o Irã quando tiver a certeza de que o país não vai representar uma ameaça à América.

“Somente estaremos abertos a negociar com o Irã quando constatarmos que o país parou com testes nucleares e que não representa mais uma ameaça ao povo americano”, afirmou Sarah Sanders, ao responder uma pergunta sobre a possibilidade de Trump vir a ter uma cúpula com seu homólogo iraniano, Hassan Rouhani, como a que ocorreu com o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

A declaração de Sarah Sanders ocorre na sequência da elevação do tom de Trump contra o Irã.

No domingo, o líder iraniano disse que “os americanos precisam entender bem que a paz com o Irã é a mãe de toda paz e que a guerra com o Irã é a mãe de toda guerra”.

Trump respondeu que Rouhani jamais deverá ameaçar os Estados Unidos de novo ou “sofrerá consequências do tipo que poucos sofreram na História”.

Em maio, os EUA se retiraram do acordo nuclear assinado entre as potências mundiais e o Irã, alegando que havia provas de que Teerã não estava cumprindo com as regras acertadas em 2015.