EUA dizem que não declararam guerra contra Coreia do Norte

A sede do poder executivo dos EUA rejeitou as acusações do regime norte-coreanos que acusam o presidente Trump de ter declarado guerra ao país

A Casa Branca rejeitou categoricamente nesta segunda-feira as acusações de Pyongyang segundo as quais o presidente Donald Trump teria, por meio de suas palavras, “declarado guerra” à Coreia do Norte.

“Não declaramos guerra à Coreia do Norte e, francamente, uma tal sugestão é absurda”, declarou a porta-voz da presidência americana, Sarah Huckabee Sanders.

Mais cedo, o chefe da diplomacia norte-coreana, Ri Yong-Ho, acusou Trump de “declarar a guerra” contra seu país e advertiu que derrubará os bombardeiros americanos que se aproximarem de seu litoral, aumentando ainda mais as tensões sobre o programa de armas nucleares de Pyongyang que Washington busca frear.

Estados Unidos e Coreia do Norte têm trocado insultos e ameaças há uma semana, quando o presidente americano advertiu em seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas que ia “destruir totalmente” a Coreia do Norte em caso de ataque.

Sanders também rejeitou a sugestão de Ri de que Pyongyang tem direito de derrubar aviões americanos perto do espaço aéreo norte-coreano.

“Nunca é apropriado que um país derrube aviões de outro país quando estão sobre águas internacionais”, disse.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Bernardo F da Silva

    Fala um monte de besteira em meio a uma reunião de paz. Agora, SEGURA!!!!
    Banca o que falou e pede desculpas.
    O que empresário como ele, entende de política???

  2. Diego Albués

    Infelizmente , o mundo vai pagar pela conta de dois bobões !