Carro movido a café bate recorde de velocidade na Inglaterra

O carro, uma pick-up da Ford de 1989, é equipado com um gaseificador que queima o material orgânico em alta temperatura

São Paulo – Depois de ler isto aqui, você nunca mais vai olhar para o café que prepara em casa do mesmo jeito, já que um dia ele poderá servir de combustível para o seu carro. Um veículo construído por um engenheiro britânico e movido a resíduos do grão acaba de bater um recorde do Guiness.

Neste terça-feira, durante exibição para uma equipe de auditores do Guiness em um campo de aviação na cidade de Manchester, na Inglaterra, o carro atingiu a velocidade de 110km/h, um recorde para um modelo adaptado do tipo.

O carro, uma pick-up da Ford de 1989, é equipado com um sistema gaseificador que queima o material orgânico em alta temperatura. Como resultado, gera gases combustíveis, como monóxido de carbono, hidrogênio e metano, que servem para alimentar um motor a combustão adaptado.

Em entrevista ao jornal Mail Online, o criador do projeto, Martin Bacon, diz que, apesar do combustível incomum, qualquer carro pode rodar a partir da gaseificação de materiais orgânicos. “Durante a Segunda Guerra Mundial, mais de 100.000 veículos no Reino Unido rodavam na gaseificação, incluindo carros, ônibus e veículos de entrega, disse.

Veja o veículo em ação:

E assista ao processo de adaptação do carro: