Candidatos a cargos importantes do governo Trump

Novos nomes para possíveis ocupantes do gabinete de Trump surgiram nos últimos dias, incluindo o candidato republicano de 2012, Mitt Romney

Washington – Depois de nomear três antigos aliados conservadores para liderar sua equipe de segurança nacional e justiça, o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda tem cargos importantes a preencher em sua administração antes da posse em 20 de janeiro.

Novos nomes para possíveis ocupantes do gabinete de Trump surgiram nos últimos dias, incluindo o candidato presidencial republicano de 2012, Mitt Romney, como secretário de Estado.

Trump anunciou nesta sexta-feira o senador Jeff Sessions como próximo secretário de Justiça, o deputado Mike Pompeo como diretor da CIA e o tenente-general da reserva Mike Flynn como conselheiro de segurança nacional.

Veja abaixo pessoas cotadas para outros cargos importantes no governo Trump.

Secretaria do Tesouro

-Steven Mnuchin, ex-executivo do Goldman Sachs Group Inc e chefe das finanças de campanha de Trump

– Jeb Hensarling, deputado do Texas e presidente do conselho do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados

– Jamie Dimon, diretor-executivo do JPMorgan Chase & Co

– Tom Barrack, fundador e presidente do conselho do Colony Capital

Secretaria de Estado

– Mitt Romney, candidato presidencial republicano de 2012 e ex-governador de Massachusetts

– Rudy Giuliani, ex-prefeito da cidade de Nova York

– Nikki Haley, governadora da Carolina do Sul

– John Bolton, ex-embaixador dos EUA na Organização das Nações Unidas (ONU) no governo do presidente George W. Bush

– Bob Corker, senador do Tennessee e presidente do conselho do Comitê de Relações Exteriores do Senado

– Zalmay Khalilzad, ex-embaixador dos EUA no Iraque

Secretaria de Defesa

– Tom Cotton, senador do Arkansas

– Jon Kyl, ex-senador do Arizona

– Duncan Hunter, deputado da Califórnia e apoiador precoce de Trump, membro do Comitê de Serviços Armados da Câmara

– Jim Talent, ex-senador do Missouri e ex-membro do Comitê de Serviços Armados do Senado

– Kelly Ayotte, senadora do New Hampshire em fim de mandato e membro do Comitê de Serviços Armados do Senado

Secretaria de Energia

– Harold Hamm, magnata de petróleo e gás de Oklahoma, executivo-chefe da Continental Resources

– Kevin Cramer, deputado de Dakota do Norte

– Robert Grady, capitalista de risco, sócio da empresa de private equity Gryphon Investors

– Larry Nichols, co-fundador da Devon Energy Corp DVN.N

– James Connaughton, executivo-chefe da Nautilus Data Technologies e ex-conselheiro de meio-ambiente do presidente George W. Bush

Secretaria do Interior

– Sarah Palin, ex-governadora do Alasca, candidata a vice-presidente republicana em 2008

– Jan Brewer, ex-governadora do Arizona

– Forrest Lucas, fundador da empresa de produtos petrolíferos Lucas Oil

– Harold Hamm, magnata de petróleo e gás de Oklahoma, executivo-chefe da Continental Resources

– Robert Grady, capitalista de risco, sócio da empresa de private equity Gryphon Investors

Secretaria de Comércio

– Wilbur Ross, investidor bilionário, presidente do conselho da WL Ross & Co, subsidiária da Invesco

– Linda McMahon, ex-executiva da World Wrestling Entertainment e duas vezes candidata ao Senado

Diretor de Inteligência Nacional

– Ronald Burgess, tenente-general aposentado e ex-diretor da Agência de Inteligência de Defesa

– Robert Cardillo, diretor da Agência Nacional Geoespacial e de Inteligência

– Pete Hoekstra, ex-deputado do Michigan

Embaixador na ONU

– Kelly Ayotte, senadora do New Hampshire em fim de mandato e membro do Comitê de Serviços Armados do Senado

– Richard Grenell, ex-porta-voz dos EUA na ONU

– Peter King, deputado de Nova York