Cameron quer esclarecimento sobre carne de cavalo em comida

"É um assunto muito importante", declarou Cameron ao ser perguntado sobre o caso em entrevista coletiva em Bruxelas

Bruxelas – O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, pediu nesta sexta-feira que se esclareça a “inaceitável” descoberta de carne de cavalo, em vez de bovina, em refeições prontas comercializadas pelo fabricante britânico de alimentos congelados Findus.

“É um assunto muito importante”, declarou Cameron ao ser perguntado sobre o caso em entrevista coletiva em Bruxelas, ao término de uma cúpula da União Europeia dedicada ao orçamento de 2014-2020.

“Ressaltou que é uma história muito impactante. É completamente inaceitável”, e deixou claro que “não há razão para pensar que qualquer comida congelada possa ser prejudicial para a saúde”.

Cameron pediu que se resolva o assunto e insistiu que as lojas no varejo “têm que fazer todo o possível para garantir que a comida que vendem está etiquetada com precisão”.

“O povo pode se indispor muito se descobrir que esteve comendo cavalo quando pensava que era carne bovina”, disse.

Destacou que seu Governo aborda hoje esta situação e que amanhã manterá contatos com a Agência de Normas Alimentícias do Reino Unido.