Calor recorde, seca e ventania incendeiam a Califórnia

Combinação de fenômenos provoca incêndios avassaladores na Califórnia, que obrigam a retirada de centenas de pessoas de suas casas

São Paulo – Em meio à pior seca já registrada na Califórnia, nos EUA, uma série de incêndios devasta, desde ontem, localidades na região de San Diego, forçando milhares de pessoas a fugir de suas casas. Até, o momento não há registros de vítimas fatais. 

Segundo as autoridades do estado americano, o fenômeno é fruto de uma combinação infeliz de fatores: calor recorde, seca histórica e fortes ventos, que facilitam a expansão do fogo.

Bombeiros disputam com temperaturas próximas de 100 graus Celsius e a ventania que não dá trégua para conter as chamas, que são alimentadas por arbustos e árvores ressecados pelo tempo seco.

Mais de 20 mil avisos de evacuação já foram emitidos, a maioria em Carlsbad, onde o fogo queimou casas, destruiu linhas de transmissão de eletricidade e forçou o fechamento do comércio.