Caçador de furacões testa fúria do Irma; registro é surpreendente

Furacão atingiu extremo sul da Flórida na manhã deste domingo - mais de 1 milhão de pessoas está sem energia elétrica no estado

São Paulo – O metereologista e caçador de tempestades Juston Drake sentiu na pele a força dos ventos de mais de 200 km/h do furacão Irma na região de Saddlebunch Key, no extremo sul da Flórida. 

Contrariando todos os alertas de segurança, Drake desceu do carro para coletar dados sobre a tempestade.. Na batalha de homem versus ventos, o furacão saiu vencedor já que o metereologista mal consegue ficar de pé. Veja:

No momento em que as imagens foram feitas, a equipe de metereologistas que acompanha Drake captou ventos de até 200 km/h — mas eles afirmam que a velocidade dos ventos deve ser muito maior.

Nesta imagem, Drake testa ventos em Shark Key:

O olho do furacão  Irma atingiu o conjunto de ilhas Flórida Keys, no extremo sul da Flórida, por volta das 7h da manhã deste domingo. O fenômeno está, neste momento, classificado na categoria 4.

Desde ontem, a Flórida sente os efeitos dos fortes ventos. Em Miami, já há ruas alagadas e árvores caídas. Nesta imagens, coletadas pela TV CNN, é possível ver a força da tempestade na região de Miami Beach na noite de ontem:

Segundo informações da Florida Power and Light, mais de 1 milhão de pessoas estão sem energia elétrica no estado. O governo estima que 6,3 milhões deixaram suas casas nos últimos dias.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Planilha Interativa Analise SWOT