Brasil leva prêmio “Fóssil do Dia” na COP17 por Código Florestal

Título é oferecido pelo coletivo de ONGs Climate Action Network para países com os piores discursos ambientalistas

São Paulo – O Brasil ganhou um inglório prêmio durante as negociações da COP17, que acontece em Durban, na África do Sul. Ele levou o título “Fóssil do Dia”, pelo discurso sobre o Código Florestal.

A premiação é oferecida por um grupo de ONGs – a Climate Action Network – para países com os piores discursos ambientalistas. Segundo comunicado do coletivo, o “Brasil ganhou o título por sugerir que a reforma de sua legislação florestal vai efetivamente contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa.”

O grupo considerou o discurso brasileiro “cínico” e disse que o país demonstra indiferença em relação às consequências de suas ações. “Esperamos que o governo brasileiro explique ao mundo como o corte de árvores pode ajudar a reduzir as emissões”, diz um trecho.

O texto afirma ainda que se o novo Código Florestal for aprovado do jeito que está agora no Congresso, vai ser um desastre para as florestas brasileiras, para o clima, para os povos indígenas na Amazônia e para a presevação da biodiversidade.