Brasil doa 25 mil toneladas de arroz a Cuba

Esta doação é parte de um fundo de 710 mil toneladas de alimentos que foi criado pelo Brasil em 2011 para apoiar as operações do PMA em nível mundial

Havana – O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) anunciou nesta quinta-feira a chegada a Cuba de uma carga de 25 mil toneladas de arroz doadas pelo Brasil para apoiar programas de assistência social.

Esta doação é parte de um fundo de 710 mil toneladas de alimentos que foi criado pelo Brasil em 2011 para apoiar as operações do PMA em nível mundial.

A embarcação ”MV Nahide” transportará a carga que será descarregada nos portos de Havana e da cidade oriental de Santiago de Cuba, detalha a nota divulgada pelo PMA na capital cubana.

”Por meio de um eficiente processo de irmanação, o Brasil doa os alimentos enquanto Cuba cobre os custos de transporte e armazenamento dos alimentos, que para esta carga ascendem a US$ 2,7 milhões, sendo esta a primeira vez que o Governo cubano participa deste processo”, explica.

A nota também destaca que Cuba entrega ao PMA há mais de 12 anos uma contribuição anual de 2,5 mil toneladas de açúcar.

”Estamos muito agradecidos ao Governo e ao povo do Brasil por esta contribuição.”, disse o diretor regional do PMA, Gemmo Lodesani, durante uma recente visita à ilha.

Também indicou que o Brasil vem desempenhando um papel cada vez maior na assistência humanitária e que esta nova doação ”confirma seu compromisso com os quais mais necessitam. A generosidade de Cuba, compartilhando o que tem, é também admirável” acrescentou.

A nota ressalta que o Brasil doou mais de 300 mil toneladas de alimentos a 35 países através do PMA desde 2011 e que suas contribuições aumentaram de US$ 1 milhão em 2007 para mais de US$ 82 milhões durante 2012, o que colocou o país entre os dez maiores doadores dessa agência humanitária.