Bombardeios no centro da Síria matam 48 pessoas em 2 dias

Entre as vítimas, estão 12 menores

Beirute – Pelo menos 48 pessoas, entre elas 12 menores, morreram entre segunda-feira e terça-feira por bombardeios de aviões do regime de Bashar al Assad na província central de Homs, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os ataques aéreos se concentraram na cidade de Telbise e entre as vítimas há combatentes e líderes de brigadas rebeldes islamitas que operam ali.

A ONG não descartou que o número de vítimas mortais aumente uma vez que há dezenas de feridos em estado grave.

No último dia 22 de fevereiro, o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que pedia a todas as partes ‘cessar imediatamente os ataques contra civis’, os bombardeios indiscriminados de áreas povoadas e ‘o uso de barris de explosivos’.

O número de mortos documentados e verificados no conflito armado na Síria desde março de 2011 até abril deste ano é de 191.369, quase 9.000 deles menores de idade, segundo a ONU.