Bombardeios e confrontos se intensificam no sul de Damasco

A Comissão Geral da Revolução Síria assinalou que as tropas governamentais renovaram ataques contra o bairro de Hayar al Asuad

Cairo – As forças do regime da Síria bombardearam nesta sexta-feira com intensidade o sul de Damasco, palco de confrontos contra os rebeldes, informaram grupos da oposição síria.

A Comissão Geral da Revolução Síria assinalou em comunicado que as tropas governamentais renovaram seus ataques com artilharia pesada contra o bairro de Hayar al Asuad.

Em outro bairro do sul da capital síria, no de Al Tadamun, um insurgente morreu nos combates, que já duram vários dias, entre os rebeldes e as forças do regime, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Este grupo opositor explicou que combatentes do rebelde Exército Livre Sírio (ELS) conseguiram derrubar um helicóptero na área de Al Guta al Sharquiya, arredores de Damasco, o que causou a morte de seus tripulantes.

Enquanto isso, os ativistas dos Comitês de Coordenação Local informaram em comunicado que mais de 90 pessoas morreram hoje em bombardeios, ataques e confrontos registrados em diversas zonas da Síria, a maioria na província de Damasco e seus arredores.

Na cidade de Aleppo, os bombardeios indiscriminados das tropas leais ao regime contra uma manifestação de opositores mataram pelo menos seis pessoas no bairro de Bustan al Qasr.