Bombardeios matam 23 jihadistas perto de represa de Mossul

Desde a primeira hora deste sábado, aviões de guerra dos EUA ajudam os peshmergas, que lutam no terreno, a recuperar a represa

Cairo – Pelo menos 23 combatentes do Estado Islâmico (EI) morreram neste sábado em bombardeios aéreos americanos e ataques das tropas curdas perto da represa de Mossul, no norte do Iraque, informou à Agência Efe o general curdo Abdel-Rahman Kurini.

Desde a primeira hora deste sábado, aviões de guerra dos EUA ajudam os peshmergas, que lutam no terreno, a recuperar a represa, sob controle insurgentes desde o dia 8 de agosto, e continuarão ‘dando constantes golpes’ ao EI, disse Kurini.

Além disso, o general assegurou que há informações dos serviços de inteligência que confirmam que um grande número de jihadistas fugiram para a cidade de Talafar, 70 quilômetros ao oeste de Mossul, devido aos bombardeios dos EUA a posições do EI na região.