Bombardeios deixaram 6 mortos em Gaza e 1 em Israel nas últimas 24 horas

Desde domingo morreram 13 milicianos palestinos, um soldado israelense e um civil palestino em Israel

Gaza – As autoridades palestinas confirmaram as mortes de seis milicianos em Gaza e um civil em Israel, também palestino, nos ataques que começaram na tarde de segunda-feira com o lançamento de mísseis e morteiros do enclave e os bombardeios de resposta do Exército israelense.

Dois palestinos morreram nos bombardeios israelenses desta manhã no norte da faixa e no leste da capital, o que aumentou para seis o número de mortos nas últimas 24 horas, segundo o Ministério da Saúde de Gaza.

Esses se somam a outros sete milicianos palestinos e um militar israelense mortos no domingo em um conflito. Na ocasião, a missão de uma unidade israelense de elite dentro da faixa falhou ao ser detectada pelas milícias do Hamas.

No total, desde a noite de domingo morreram 13 milicianos palestinos, um soldado israelense e um civil palestino em Israel na atual escalada de violência.

Além disso, 20 pessoas ficaram feridas nos mais de 150 bombardeios contra alvos militares da faixa, que destruíram quatro grandes construções utilizadas – segundo o Exército israelense – pelo Hamas, entre eles o hotel Al Amal e a sede da emissora “Al Aqsa TV”.