Bombardeio do regime sírio mata 6 menores em Aleppo

Por outro lado, os jihadistas atacaram com bombas a cidade de Ajtarin, no nordeste de Aleppo, onde só causaram danos materiais

Beirute, 23 jul (EFE).- Pelo menos seis menores de idade morreram nesta terça-feira durante um bombardeio da aviação do regime de Bashar al Assad contra o norte da província de Aleppo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG afirmou que os menores morreram em um ataque contra a cidade de Al Wahshiye, sem dar mais detalhes.

Além disso, outras duas pessoas morreram e várias ficaram feridas em um bombardeio similar contra a cidade de Al Bab, na mesma província e controlada pelo grupo radical Estado Islâmico (EI).

Por outro lado, os jihadistas atacaram com bombas a cidade de Ajtarin, no nordeste de Aleppo, onde só causaram danos materiais.

O EI proclamou no final de junho um califado islâmico no Iraque e na Síria, após avançar no terreno.

No território sírio, os extremistas dominam 35% da superfície, informou na sexta-feira passada o Observatório.

Mais de 171 mil pessoas morreram na Síria desde o início do conflito em março de 2011, segundo os dados dessa organização. EFE