Blogueira cubana confirma visto argentino

O marido de Sánchez declarou que "os procedimentos para entrar na Argentina foram mais complicados do que para obter o visto dos Estados Unidos, Europa e Brasil"

Buenos Aires – A blogueira cubana Yoani Sánchez, crítica do governo comunista de Raúl Castro e que se encontra atualmente visitando o Brasil, confirmou nesta quarta-feira que a Argentina irá conceder a ela o visto de entrada no país, após o anúncio do ministro das Relações Exteriores argentino, Hector Timerman.

“Eu liguei para o embaixador da Argentina no Brasil. Ela disse que não há problema, que durante o dia de hoje (quarta-feira) eu vou ter o visto carimbado no meu passaporte”, afirmou Sanchez à Radio del Plata de Buenos Aires. Yoani está atualmente no Brasil em um giro internacional de três meses após a flexibilização das restrições de imigração na ilha.

Reinaldo Escobar, marido de Sánchez, declarou dias atrás que “os procedimentos para entrar na Argentina foram mais complicados do que para obter o visto dos Estados Unidos, Europa e Brasil”.

Timerman afirmou na terça-feira no Rio de Janeiro, que se a blogueira “pedir um visto será tratada como todos os cubanos, sem qualquer discriminação”, e que o suposto entrave para a permissão de viagem “não está relacionado a nenhum evento político”.

“Eu tenho a impressão de que em breve vou estar lá (Argentina)”, afirmou a opositora, que criou um blog para criticar a política dos irmãos Castro, cujo governo a impediu de deixar o país nos últimos anos.

Sanchez prevê participar na tarde desta quarta-feira de uma sessão na Câmara dos Deputados de Brasília, onde será exibido um documentário sobre a liberdade de expressão.

O filme não pôde ser exibido na segunda-feira, na cidade de Feira de Santana (Bahia), por causa de protestos de manifestantes de esquerda.