Blatter testemunhará no TAS no caso Platini

Platini, impossibilitado de continuar a presidir a Uefa em função da suspensão, apresentou um recurso diante do TAS

O ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, participará nesta sexta-feira como testemunha no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), durante a audiência de Michel Platini em que o francês protestará a suspensão de seis anos de toda atividade ligada ao futebol, informou nesta terça-feira uma fonte próxima ao caso.

Platini, impossibilitado de continuar a presidir a Uefa em função da suspensão, apresentou um recurso diante do TAS, a mais alta jurisdição esportiva, sediada em Lausana, na Suíça, em 2 de março.

Blatter, suspenso por seis anos pelas mesmas acusações, “virá depôr na sexta-feira, a pedido da Fifa”, de acordo com uma fonte próxima ao caso, confirmando assim a informação do diário esportivo francês L’Équipe.

Platini foi suspenso pela justiça interna da Fifa pelo polêmico pagamento de 1,8 milhão de euros recebido das mãos de Blatter por um suposto trabalho de assessoria realizado em 2002, sem contrato escrito. Blatter acabou recebendo a mesma suspensão que Platini.

Os juízes da Fifa consideraram os dois ex-dirigentes culpados de abuso de poder, conflito de interesse e gestão desleal, descartando, porém, a acusação de corrupção.