Bernie Sanders sente dores no peito e é internado nos Estados Unidos

O Senador de Vermont e pré-candidato democrata, Bernie Sanders, foi internado após problemas cardíacos, mas passa bem, informou sua campanha

São Paulo – O Senador de Vermont, Bernie Sanders, interrompeu sua campanha pela nomeação democrata para as eleições americanas de 2020 nesta semana após sentir dores no peito. Ele, que tem 78 anos, foi internado na última terça-feira (01) para um procedimento cirúrgico nos Estados Unidos.

A informação é da sua equipe, que divulgou uma nota sobre o assunto nesta quarta-feira (02). Sanders passará por uma cirurgia para implementar dois stents, disse sua equipe, mas passa bem e está “conversando e de bom humor”. A campanha, continuou o comunicado, está suspensa até que Sanders se recupere.

Bernie Sanders é um dos democratas que disputa a nomeação do Partido Democrata para concorrer às eleições presidenciais que acontecem em 2020. Atualmente, está em terceiro na preferência dos eleitores do partido, atrás de Joe Biden (25%), ex-vice-presidente de Obama, e Elizabeth Warren, senadora pelo estado de Massachusetts (27%) e atual líder das pesquisas.