Berlim aplaude decisão escocesa de permanecer no Reino Unido

Governo alemão aplaudiu decisão dos escoceses de continuar fazendo parte do Reino Unido, e rejeitou comparações com a Catalunha

Berlim – O Governo alemão aplaudiu nesta sexta-feira a decisão majoritária dos escoceses de continuar fazendo parte do Reino Unido, destacando que o “contexto legal” desta consulta e o da prevista para a Catalunha são “totalmente diferentes”.

Assim disse o porta-voz do Executivo alemão, Steffen Seibert, em um encontro rotineiro com meios de comunicação, no qual destacou que Berlim aposta na manutenção de sua cooperação bilateral com o Reino Unido.

“Os escoceses votaram de forma significativa a favor de se manter no Reino Unido e contra a independência”, assinalou o porta-voz, que reiterou o “respeito” expressado pela chanceler Angela Merkel pelo processo.

Interrogado pelo movimento defensor da soberania catalão, Seibert ressaltou que os contextos legais para convocar uma consulta na Escócia e na Catalunha são “totalmente diferentes”, como já apontou a chanceler em sua última visita à Espanha.

O porta-voz evitou avaliar as reações do governo de Mariano Rajoy no caso de o governo catalão seguir adiante com seu plano para realizar um plebiscito no próximo dia 9 de novembro.

Também não quis dizer se Berlim considera que a permanência da Escócia no Reino Unido melhora as opções de o país votar a favor de permanecer na União Europeia (UE) no plebiscito previsto para 2017.