Bélgica mantém segundo nível mais alto de risco de atentado

“O Ocam lembra que o nível de ameaça atual é 3, o que significa que a ameaça é grave e possível”, diz Ocam

O Órgão de Coordenação para a Análise da Ameaça (Ocam) anunciou hoje (29) a decisão de manter no nível 3, numa escala de 4, o risco de atentado terrorista na Bélgica, após os ataques registrados há uma semana em Bruxelas.

“O Ocam lembra que o nível de ameaça atual é 3, o que significa que a ameaça é grave e possível”, diz o órgão em mensagem divulgada na rede social Twitter.

A Bélgica havia aumentado para o nível máximo (4) o alerta terrorista devido aos atentados do dia 22 no aeroporto de Bruxelas e numa estação de metrô da capital, que deixaram 35 mortos e mais de 300 feridos.

Dois dias depois, o nível de alerta baixou para 3, considerando-se a inexistência de “ameaça iminente” de atentados.