Bank of America anuncia aquisição do MBNA por US$ 35 bilhões

Negócio impulsiona área de cartões de crédito

O Bank of America anunciou nesta quinta-feira (30/6) a aquisição do MBNA, a terceita maior emissora independente de cartões de crédito dos Estados Unidos, por 35 bilhões de dólares. Com a transação, o banco vai receber 20 milhões de novos clientes, além de uma rede que envolve 5 000 parceiros. Com isso, passará a controlar 40 milhões de contas ativas, com movimentação de 143 bilhões de dólares. Segundo reportagem do jornal americano The Wall Street Journal, o negócio ocorre em um ambiente de lento crescimento do setor de cartões de crédito que pressiona as emissoras independentes.

A reestruturação decorrente do negócio custará 1,25 bilhão de dólares e a eliminação de 6 000 empregos. Quando a transação estiver consolidada, em 2007, a economia de custos deverá atingir 850 milhões de dólares. As ações do MBNA subiam 26% na manhã de hoje, enquanto as do Bank of America recuavam 2%.

O prêmio de 30% pago aos acionistas do MBNA é visto como exagerado por alguns dos analistas ouvidos por The Wall Street Journal. De qualquer modo, a base de clientes da companhia é formada majoritariamente por clientes de alta renda, baixando muito os riscos de inadimplência. As faturas do portfolio da MBNA são 25% superiores às do mercado americano. Segundo The Wall Street Journal, o banco Wachovia também tinha interesse no MBNA, mas saiu das negociações na semana passada.