Ban se declara decepcionado com violência em Gaza

O secretário-geral da ONU Ban Ki-moon, por meio de porta-voz, expressou profunda decepção com a volta dos combates na Faixa de Gaza

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou nesta sexta-feira sua “profunda decepção” com a volta dos combates na Faixa de Gaza após o fim da trégua humanitária e pediu às partes para parar com a violência e negociar um cessar-fogo durável.

“O secretário-geral pede firmemente às partes para não recorrer a mais ações militares que só podem exacerbar a já terrível situação humanitária em Gaza”, disse seu porta-voz, Farhan Haq, em entrevista coletiva.

Ban, segundo o porta-voz, “condena os novos lançamentos de foguetes contra Israel” e considera “intolerável” que haja “mais sofrimento e morte de civis neste conflito”.

“O secretário-geral pede às partes para encontrar rapidamente uma forma de voltar a respeitar o cessar-fogo humanitário e continuar as negociações no Cairo para conseguir um cessar-fogo durável”, acrescentou.

Para a ONU, a extensão da trégua é “absolutamente essencial para que as negociações progridam e para responder aos assuntos por trás da crise o mais rápido possível”.