Bairros na capital síria são bombardeados

Vários bairros de Damasco foram palco de um bombardeio intenso com bombas, que por enquanto deixou um número indeterminado de feridos, dizem ativistas

Cairo – Vários bairros de Damasco foram nesta terça-feira palco de um bombardeio intenso com bombas, que por enquanto deixou um número indeterminado de feridos, informaram ativistas e opositores.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos precisou que vários foguetes impactaram na zona de Al Qanauat, e em uma Igreja Católica armênia e uma escola do distrito de Bab Tuma, de maioria cristã.

Projéteis também caíram em pontos do bairro Al Midan, como Al Sheikh Raslan, Bab Sharqi e o mercado de Al Yazmaniya.

A agência de notícias oficial “Sana”, que citou uma fonte policial, assegurou que pelo menos quatro cidadãos ficaram feridos em Al Qanauat. A fonte acusou supostos “terroristas” de lançar as bombas.

A ativista da opositora Rede Sham, imã Al Huda, relatou à Agência Efe via internet que também houve disparos de foguetes contra as áreas de Al Muhayirín, Al-Maleki, Al Faiha e Al Mazraa.

Segundo Al Huda, a aviação síria bombardeou intensamente as localidades de Yobar, Zamalka, Arbin, Daraya e Muadamiya al-Sham, na periferia da capital.

Mais de 100 mil pessoas morreram desde o início do conflito na Síria em meados de março de 2011 de acordo com a Organização das Nações Unidas. O Observatório Sírio de Direitos Humanos eleva o número a mais de 115 mil mortos.