Autoridade do Islã ordena matar e crucificar membros do EI

EI, que age na Síria e no Iraque, divulgou na véspera um vídeo mostrando a execução do piloto de guerra jordaniano

Cairo – Al Azhar, uma das instituições do Islã sunita mais renomadas, ordenou nesta quarta-feira que “matem, crucifiquem e amputem mãos e pés dos terroristas do Estado Islâmico“, depois da execução do piloto jordaniano queimado vivo pelo grupo jihadista.

O EI, que age na Síria e no Iraque, divulgou na véspera um vídeo mostrando a execução do piloto de guerra jordaniano, capturado em dezembro passado e queimado vivo dentro de uma jaula.