Áustria entrega à França suspeitos de atentados em Paris

Os dois homens são suspeitos de terem tentado participar da série de ataques que deixou 130 mortos em novembro de 2015

A justiça austríaca anunciou nesta sexta-feira que enviou à França dois homens suspeitos de terem tentado participar dos atentados de Paris em 13 de novembro, e que estavam detidos em um centro de refugiados da Áustria desde dezembro.

Segundo a procuradoria de Salzburgo, os dois homens são um argelino de 29 anos e um paquistanês de 35, alvos de uma ordem de prisão europeia emitida pela França.

Na série de ataques de 13 de novembro, 130 pessoas foram mortas.