Austrália supera outras nações ricas e cresce 1% no terceiro trimestre

A produção total do país ficou 2,5% acima da registrada no mesmo trimestre do ano passado

Sydney – A economia da Austrália, país rico em matérias-primas, registrou um notável crescimento no trimestre passado, amparada pelo investimento empresarial e a alta surpreendente no consumo das famílias. Os mercados, contudo, continuam precificando mais cortes da taxa básica de juros local devido à piora nas perspectivas globais.

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,0 por cento no terceiro trimestre frente aos três meses anteriores, cujo crescimento foi revisado para cima, a 1,4 por cento. A produção total ficou 2,5 por cento acima da registrada no mesmo trimestre do ano passado.

Embora o relatório destaque como a Austrália está se saindo melhor que outras nações ricas, os formuladores de política monetária continuam muito concentrados nos riscos futuros decorrentes da crise de dívida na Europa.

O banco central do país já cortou neste trimestre o juro em 0,50 ponto percentual, para 4,25 por cento, já que a perspectiva inflacionária doméstica mais benigna permite à autoridade monetária tomar medidas para proteger a nação da desaceleração global.

“Vemos um sólido crescimento no próximo ano, que é diametralmente oposto ao que a maioria do mundo desenvolvido pode esperar”, disse o economista sênior da Macquarie Brian Redican.

“(Mas) isso não muda a perspectiva para o juro, devido aos riscos ao crescimento global”, acrescentou. “A inflação menor ainda significa que o RBA (BC australiano) pode afrouxar mais a política monetária se necessário.”