Austrália se prepara para chegada do ciclone “Rusty”

O ciclone, cuja intensidade foi elevada à categoria 4, conta com ventos de mais de 200 quilômetros por hora

Sydney – Centenas de moradores do noroeste da Austrália buscam refúgio e as empresas mineradoras paralisaram algumas de suas operações para se preparar para a chegada nesta quarta-feira do ciclone “Rusty”, cuja intensidade foi elevada a categoria 4.

“Rusty” se encontra cerca de 130 quilômetros ao nordeste da cidade de Porth Hedland, na rica região de Pilbara, e avança lentamente à costa australiana aumentando seu poderio com ventos de mais de 200 quilômetros por hora, segundo o canal local “ABC”.

O ciclone manterá sua intensidade quando se aproximar esta noite da costa de Pilbara, no estado da Austrália Ocidental, onde o alerta vermelho foi declarado.

A previsão é que a tempestade, que obrigou o fechamento de várias escolas, provocará chuvas de 600 milímetros em um período de 24 horas e ventos destrutivos de 160 km/h.

Por isso, as gigantes mineradoras Fortescue Metals e Atlas Iron paralisaram todas suas operações no porto de Port Hedland, de onde se transporta boa parte da produção de minério de ferro do país, segundo a “ABC”.

“Trata-se de um ciclone tropical severo, de um sistema muito, muito poderoso. Apesar de muitos moradores da região de Pilbara já terem enfrentado vários ciclones, estes sempre representam um risco que não deve ser subestimad”‘, disse Neil Bennet, do Escritório de Meteorologia.

Os serviços de emergência pediram que a população se refugie na parte mais sólida de suas casas e guardem provisões de comida e água, após alertar que muitos edifícios podem ser danificados e muitos objetos, como os tetos de metal, podem voar pelos ares.