Aung San Suu Kyi presta juramento como deputada

A vencedora do Prêmio Nobel da Paz conquistou uma cadeira no Parlamento nas eleições parciais de 1 de abril

Naypyidaw – A vencedora do Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi prestou juramento nesta quarta-feira no Parlamento birmanês, após uma semana de incerteza, e assumiu o primeiro mandato eleitoral após duas décadas de luta política.

A opositora, que conquistou uma cadeira no Parlamento nas eleições parciais de 1 de abril, e os 33 deputados restantes da Liga Nacional para a Democracia (LND) prometeram de comum acordo “salvaguardar” a Constituição, que confere grandes poderes aos militares.

“Serei leal à República da União de Mianmar e a seus habitantes e sempre respeitarei a não desintegração da União, a não desintegração da solidariedade nacional e a perpetuação da soberania”, afirmaram diante do presidente da Câmara, o ex-general Shwe Mann.

Três deputados, em viagens ao exterior, não compareceram à cerimônia.

Suu Kyi, 66 anos, que iniciou a vida política em 1988 e rapidamente se tornou uma das dissidentes mais conhecidas do planeta, passou 15 anos em prisão domiciliar.