Atriz de Sexy and City disputa primárias para o governo de Nova York

Em sua estreia na política, a atriz Cynthia Nixon enfrenta nesta quinta-feira o atual governador de Nova York, Andrew Cuomo, nas primárias democratas

Nova York – Os eleitores democratas de Nova York decidirão nesta quinta-feira se o governador Andrew Cuomo merece um terceiro mandato ou deveria ser substituído na chapa do partido pela atriz e ativista Cynthia Nixon, candidata estreante de esquerda.

A disputa pela indicação democrata é o teste mais recente para os candidatos da esquerda energizada do partido no momento em que os democratas almejam retomar o controle do Congresso norte-americano e engrossar suas fileiras em governos estaduais do país nas eleições de 6 de novembro.

No início da atual campanha, Alexandria Ocasio-Cortez e Ayanna Pressley derrotaram democratas servindo há tempos no Congresso nas primárias de Nova York e Massachusetts ressaltando sua oposição ao presidente republicano Donald Trump.

Cynthia espera repetir esse sucesso no que descreve como sua campanha insurgente a governadora.

Embora os contornos da corrida democrata de Nova York pareçam semelhantes aos das surpresas nas disputas pelo Congresso, Cynthia, mais conhecida por seu papel premiado com o Emmy na série da HBO “Sex and the City”, vem aparecendo com frequência nas pesquisas de opinião 30 pontos ou mais atrás de Cuomo.

Se Cuomo vencer terá grande vantagem contra o republicano Marc Molinaro, executivo do condado de Dutchess, na eleição geral de novembro.

“Estas foram grandes exceções à regra, e para derrotar o ocupante do cargo em uma primária você precisa tirar muitas cartas boas no baralho”, disse Patrick Egan, professor de política da Universidade de Nova York, em uma entrevista.

A disputa em Nova York vem se tornando cada vez mais agressiva e cara — Cuomo já gastou 18 milhões de dólares, e Cynthia 1,6 milhão, de acordo com cifras estaduais. A atriz, que nunca exerceu um cargo público, disse que a experiência de Cuomo não se traduziu em boa governança, e o governador disse que ela é inexperiente e ingênua a respeito da política de Nova York na prática.

Em um debate acalorado do mês passado, Cuomo pediu que Cynthia parasse de interrompê-lo, ao que ela respondeu: “Você pode parar de mentir?”

Cuomo, de 60 anos, tem a política no DNA por ser filho de Mario Cuomo, figura pública de carreira longa que também governou Nova York. Ex-funcionário do governo Clinton, ele controla a máquina partidária estadual e obteve o apoio de membros do establishment da sigla.

Cynthia, de 52 anos, se apresenta como uma socialista democrata e defensora de causas como o acesso ao aborto, mais financiamento às escolas e direitos iguais para gays e lésbicas. Descrevendo-se como uma mulher “queer”, ela disse refletir melhor a diversidade das fileiras partidárias do que seu oponente homem, heterossexual e branco.