Atentado suicida mata 3 soldados estrangeiros em Cabul

O Taliban reivindicou a responsabilidade pelo ataque desta terça-feira, desfechado na principal estrada que leva ao aeroporto internacional

Cabul – Um carro-bomba matou três soldados estrangeiros e feriu 13 civis afegãos e outros cinco militares em um ataque a um comboio perto da embaixada dos Estados Unidos em Cabul nesta terça-feira, de acordo com a coalizão liderada pela Otan.

Foi um dos piores ataques contra as forças estrangeiras na capital afegã em meses.

O ataque perto da embaixada fortificada ocorre em meio a um impasse político de meses de duração e o revigoramento da insurgência, com uma eleição presidencial ainda não resolvida num momento em que a maioria das tropas de combate estrangeiras se preparam para sair do país até o final do ano.

O Taliban reivindicou a responsabilidade pelo ataque desta terça-feira, desfechado na principal estrada que leva ao aeroporto internacional de Cabul, não muito longe do amplo complexo da embaixada dos EUA, que também é a sede de outros membros da coalizão liderada pela Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), liderada pela Otan.

A Isaf informou em um comunicado curto que três de seus soldados foram mortos e está investigando o incidente. Pelo menos cinco militares ficaram feridos.

O vice-ministro do Interior afegão, Mohammad Ayub Salangi, disse no Twitter que o carro-bomba tinha como alvo um comboio de veículos que transportava soldados estrangeiros.

Em uma mensagem de texto aos jornalistas, o porta-voz do Taliban disse que o homem-bomba, desencadeou o ataque às tropas estrangeiras em um carro cheio de explosivos.