Atentado suicida mata 20 no Paquistão

Este foi o terceiro atentado com bomba nos últimos dois dias em Bajaour e o ataque mais violento cometido no Paquistão desde 2 de março

Jar – Pelo menos 20 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nesta sexta-feira em um atentado suicida, executado por um adolescente, em um posto de controle policial na região noroeste do Paquistão.

O ataque aconteceu em Jar, principal localidade do distrito tribal de Bajaour, perto da fronteira com o Afeganistão, considerado um reduto talibã.

“Vinte pessoas, incluindo cinco policiais, morreram e 46 ficaram feridas. Algumas lojas e restaurantes próximos ficaram destruídos”, disse à AFP Islam Zeb, alto funcionário do governo distrital.

O homem-bomba, com idade entre 14 e 16 anos, segundo o serviço de inteligência, caminhou até o posto de controle e detonou os explosivos que estavam presos em sua cintura.

Este foi o terceiro atentado com bomba nos últimos dois dias em Bajaour e o ataque mais violento cometido no Paquistão desde 2 de março, quando 22 pessoas faleceram em um atentado contra uma mesquita em Khyber.

O ataque não foi reivindicado até o momento, mas o distrito de Bajaour é um dos redutos do Movimento de Talibãs do Paquistão (TTP), principal grupo insurgente islamita paquistanês.

O país está em alerta na semana do primeiro aniversário da morte de Osama Bin Laden, o que provoca temores de uma onda de atos de vingança.