Atentado no Afeganistão mata 7 terroristas e 5 policiais

Houve um atentado suicida com explosivo em uma base da polícia em Jalalabad, principal cidade do leste do Afeganistão

Cabul – Um atentado suicida com explosivos matou sete terroristas e cinco policiais nesta segunda-feira em uma base da polícia em Jalalabad, principal cidade do leste do Afeganistão, informaram as autoridades locais.

Um primeiro terrorista utilizou um carro-bomba para abrir o acesso à base, permitindo a entrada de outros dois agressores, que detonaram suas cargas explosivas. Os demais quatro terroristas foram mortos pela polícia, que perdeu cinco agentes no ataque, disse à AFP Hazrat Hussain Mashriqiwal.

Os talibãs reivindicaram o ataque em um sms enviado à AFP, afirmando que a ação visava uma academia de polícia “onde instrutores estrangeiros e israelenses” treinam “300 recrutas”. A mensagem afirma que “um grande número de assaltantes” causou “pesadas perdas” entre os policiais.

Ahmad Zia Abdulzaï, porta-voz do governo de Nangarhar, cuja capital é Jalalabad, confirmou o ataque contra a academia militar, sem dar maiores detalhes.

Jalalabad é alvo constante de ataques dos fundamentalistas talibãs. Em fevereiro passado, um terrorista suicida matou dois agentes e feriu outros três diante do complexo dos serviços de Inteligência afegãos.

Em 2012, o aeroporto da cidade, que também abriga uma base militar, foi alvo de dois ataques.

Os talibãs, que se refugiam no leste e no sul do país, lutam há onze anos contra as forças de segurança afegãs e da coalizão da Otan. Os ataques suicidas e bombas artesanais são a marca do grupo.