Atentado na saída de mesquita mata 12 pessoas no Iraque

Doze pessoas morreram em um atentado na saída de uma mesquita de Kirkuk, norte do Iraque, após a oração inicial do Eid al-Adha, a maior celebração do islamismo

Kirkuk – Doze pessoas morreram em um atentado na saída de uma mesquita de Kirkuk, norte do Iraque, após a oração inicial do Eid al-Adha, a maior celebração do islamismo.

“Uma bomba explodiu às 7H55 (1H55 de Brasília) diante da mesquita sunita Al-Qods, ao sul de Kirkuk, no momento da saída dos fiéis”, afirmou uma fonte policial à AFP.

O ataque matou 12 pessoas e deixou 26 feridos, alguns deles em estado crítico.

Desde o início de outubro, mais de 300 pessoas morreram vítimas da violência política e religiosa, segundo um balanço da AFP com base em informações da polícia e de fontes médicas.

No ano de 2013, o número de vítimas fatais da violência supera 5.000.