Atentado das Farc deixa 15 feridos em povoado da Colômbia

Atentado danificou aproximadamente 15 casas, além de ter destruído o posto policial onde a bomba foi detonada na noite de ontem

Bogotá – Um agente e 14 civis ficaram feridos levemente pelos estilhaços de uma bomba caseira que os guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) lançaram contra um posto policial da cidade de Suárez, no departamento colombiano do Cauca, informaram nesta segunda-feira as autoridades regionais.

Segundo o comandante da polícia na região, o coronel Ricardo Alarcón, o atentado também danificou aproximadamente 15 casas, além de ter destruído o posto policial onde a bomba foi detonada na noite de ontem.

O oficial assinalou à imprensa em Popayán, a capital departamental, que os insurgentes utilizaram uma caminhonete carregada com bananas de dinamite para transportar os artefatos e cometer o ataque.

O ataque foi cometido com uso de bujões de gás doméstico carregados com explosivos, que os guerrilheiros das Farc costumam lançar com auxilio de rampas.

No início de novembro de 2011, na zona rural deste mesmo povoado, morreu o chefe máximo das Farc Guillermo León Sáenz, também conhecido como ‘Alfonso Cano’, em um confronto com militares.