Atentado contra mesquita mata 21 iraquianos em Bagdá

As vítimas estavam no templo, situado no bairro de Al Hariziya, quando um terrorista equipado com um colete de explosivos detonou as bombas

Bagdá – Pelo menos 21 pessoas morreram neste domingo e outras 25 ficaram feridas em um atentado suicida efetuado contra uma mesquita xiita no oeste de Bagdá, no Iraque, informou uma fonte policial à Agência Efe.

A fonte explicou que as vítimas estavam no templo, situado no bairro de Al Hariziya, quando um terrorista equipado com um colete de explosivos detonou as bombas.

Em um primeiro momento, a fonte indicou que o número de vítimas chegava a cinco mortos e 15 feridos. A explosão ocorreu dentro da mesquita Abbas al Adly, que sofreu grandes danos como consequência do atentado.

O fato ocorre dois dias depois que outras 26 pessoas perderam a vida e quase cem ficaram feridas devido à explosão de três carros-bomba em zonas de maioria xiita de Bagdá.

Nos últimos dias foram registrados vários atentados com carros-bomba na capital, como o do terça-feira, quando a explosão de um veículo resultou 21 mortos e 65 feridos em outro bairro xiita.

Esses atentados coincidem com conflitos entre as forças governamentais – apoiadas pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos – e os jihadistas do grupo Estado Islâmico, que controla importantes zonas do país.