Atentado com bomba deixa 20 mortos e 25 feridos em bazar do Paquistão

"Foi um atentado terrorista, mas não está claro se foi uma bomba improvisada ou um suicida", disse o porta-voz da administração da região

Islamabad – Pelo menos 20 pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas em um atentado com bomba em um bazar no cinturão tribal do noroeste do Paquistão, no segundo atentado do dia no país asiático, após um ataque contra o consulado chinês em Karachi que deixou seis mortos

Na explosão no bazar Kalaya “morreram pelo menos 20 pessoas e 25 ficaram feridas”, disse à Agência Efe o porta-voz da administração da região, Mohammed Bilal.

A fonte indicou que o bazar estava lotado de pessoas quando a explosão aconteceu, por volta de 10h (horário local, 3h de Brasília), na agência tribal de Orakzai.

“Foi um atentado terrorista, mas não está claro se foi uma bomba improvisada (IED, sigla em inglês) ou um suicida” que detonou explosivos, acrescentou.

Esse foi segundo atentado do dia no país, após o ataque de três homens armados contra o consulado chinês na cidade de Karachi, centro econômico do Paquistão.

Esse ataque começou no início da manhã quando os atiradores começaram a disparar e a lançar granadas e nele morreram seis pessoas.

O Paquistão lançou uma operação militar nas zonas tribais do noroeste do país em 2014 na qual morreram 3.500 supostos terroristas, segundo dados do exército, à qual se somaram em 2017 novas operações antiterroristas em outras partes do seu território.

As operações militares ajudaram a reduzir o terrorismo no Paquistão de forma substancial.