Ataques do EI no Irã deixaram ao menos 12 mortos

Além dos mortos, outras trinta e nove pessoas ficaram feridas nos ataques contra o Parlamento iraniano e o mausoléu do imã Khomeini

Ao menos doze pessoas morreram nesta quarta-feira em ataques do grupo extremista Estado Islâmico (EI) contra o Parlamento iraniano e o mausoléu do imã Khomeini em Teerã, informou o diretor do serviço de emergências, citado pela imprensa.

Trinta e nove pessoas ficaram feridas nos ataques, de acordo com a mesma fonte. As forças de segurança retomaram o controle do mausoléu e do Parlamento, atacados por 7 ou 8 terroristas, segundo a televisão estatal.