Ataques com carros-bomba deixam 11 mortos em Bagdá

Outras 60 pessoas ficaram feridas no incidente

Bagdá – Ao menos 11 pessoas morreram e 60 ficaram feridas em após as explosões provocadas por cinco carros-bomba registradas nesta terça-feira em áreas de maioria xiita de Bagdá, a capital do Iraque, informaram à Agência Efe fontes da polícia local.

Quatro veículos explodiram de forma quase consecutiva no populoso bairro de Cidade de Sadr, e nas áreas de Waour, Yamila e Mogama Meshn, todas situadas no leste de Bagdá.

Nestes atentados sete civis morreram e 49 pessoas ficaram feridas, segundo as fontes, que não descartaram um aumento no número de vítimas fatais.

A explosão de outro carro-bomba em Al Tarmiya, no norte da capital iraquiana, causou a morte de quatro soldados e ferimentos em dez.

O ataque teve como alvo um posto de controle conjunto do Exército e da polícia.

Já na cidade de Kirkuk, ao norte de Bagdá, um oficial e um soldado morreram e outros 11 ficaram feridos em ataques suicidas com carros-bomba contra um quartel militar.

Os atentados terroristas e a violência contra xiitas e efetivos das forças da ordem aumentaram no Iraque, onde, somente no mês passado, 750 pessoas morreram, 610 delas civis, segundo a ONU.