Ataques aéreos matam pelo menos 40 pessoas no norte da Síria

Em Aleppo e cidades próximas, houve pelo menos seis bombardeios

BEIRUTE – Ataques aéreos em torno da cidade síria de Aleppo, no norte do país, mataram pelo menos 40 pessoas no sábado, a maior parte delas civis, disse o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

O grupo de monitoramente pró-oposição disse que houve pelo menos seis ataques sobre Aleppo e cidades próximas. Dezenas de pessoas ficaram feridas, disse o grupo.

“Alguns dos ataques nas redondezas de Tareeq al-Bab pareciam ter como alvo uma base rebelde mas em vez disso os foguetes caíram sobre uma rua movimentada, causando pesadas baixas civis”, disse por telefone Rami Abdelrahman, chefe do Observatório.