Ataque químico do Estado Islâmico fere 600 no Iraque

Os ataques do grupo terrorista mataram uma criança de 3 anos.

Bagdá – Oficiais do governo iraquiano confirmaram que o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) realizou dois ataques químicos próximos à cidade de Kirkuk, no norte do país. Uma menina de 3 anos morreu e outras 600 pessoas ficaram feridas.

Autoridades dizem que o segundo ataque ocorreu na pequena cidade de Taza, que já havia sofrido ataques químicos há três dias. Uma enfermeira no hospital local afirmou que as vítimas apresentam queimaduras, falta de ar e desidratação. Oito pacientes já foram transferidos para Bagdá