Ataque em frente a sede de partido neonazista mata dois

Duas vítimas, de 22 e 26 anos, foram abatidas por uma motocicleta ocupada por duas pessoas, informou a brigada antiterrorista, que lançou uma operação de busca

Atenas – Um ataque em frente ao escritório do partido neonazista grego Amanhecer Dourado nos arredores de Atenas matou duas pessoas e feriu uma terceira nesta sexta-feira.

As duas vítimas, de 22 e 26 anos, foram abatidas por uma motocicleta ocupada por duas pessoas, informou a brigada antiterrorista, que lançou uma operação de busca.

O ministro da Saúde, Adonis Yeoryiadis, disse em declarações a uma rede de televisão privada que o terceiro homem, de 27 anos, está em estado grave.

O porta-voz do Amanhecer Dourado, Ilias Kasiriadis, informou que as vítimas eram membros do partido.

O ministro de Ordem Pública, Nikos Dendias, denunciou indiretamente a possibilidade de um acerto de contas pelo assassinato em setembro do ativista de esquerda Pavlos Fyssas a mãos de um simpatizante de Amanhecer Dourado.

“Não pode permitir que o país se transforme em um palco de ajustes de contas por qualquer coisa”, disse o ministro em comunicado.

Para o Amanhecer Dourado não há dúvida de que se tratou de um ato de vingança pela morte de Fyssas, e em comunicado, o partido neonazista assegurou que foi “um golpe em que os criminosos tinham a intenção clara de executar qualquer pessoa que estivesse em frente à sede do Amanhecer Dourado”.

O partido ainda pediu proteção policial porque já havia recebido ameaças.