Ataque do Boko Haram na Nigéria deixa soldados desaparecidos, diz jornal

O governo ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso

Abuja, 7 nov – Pelo menos dez soldados foram dados como desaparecidos após a realização de um ataque do grupo terrorista Boko Haram a uma base militar na região nordeste da Nigéria, informou nesta quarta-feira a imprensa local.

O ataque, que tinha como alvo a base militar e um mercado próximo, aconteceu na segunda-feira na cidade de Kukawa, no estado de Borno, conforme explicou uma fonte militar ao jornal local “The Cable”. De acordo com outros jornais, no entanto, o número de desaparecidos seria de 19 e alguns desses militares estariam mortos.

O governo ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Há uma semana, 15 pessoas morreram em outra ação do Boko Haram contra várias aldeias do nordeste da Nigéria, incluindo um campo de deslocados internos.

A região é considerada um reduto do grupo jihadista no país, que registra mais de 20 mil mortes e 2 milhões deslocamentos, desde 2009, por conta do conflito.